Parque Estadual do Desengano

Parque Estadual do Desengano

Criado em 1970, o parque ocupa uma área de 22.400 hectares nos municípios de Campos dos Goytacazes, Santa Maria Madalena e São Fidélis. Sua sede localiza-se no horto florestal de Santa Maria Madalena. É a maior unidade de conservação do estado, com montanhas cobertas de Mata Atlântica, muitas nascentes e cachoeiras. Em Campos, há varias cachoeiras e trilhas para caminhadas.

Vários rios e cachoeiras são acessíveis. Na Fazenda Mocotó, está a Cachoeira Tombo d’Água, com uma queda de 72 metros que forma uma piscina natural de águas límpidas para banho. Na mesma área, encontra-se Cachoeira Maracanã, cuja formação rochosa lembra uma arquibancada e que tem 20 metros de queda, a partir da qual forma-se um dos lagos mais profundos da região. Nas proximidades, ficam ainda as cachoeiras Tobogã e Babilônia, além de dezenas de outras pequenas quedas. As estradas de acesso são de terra batida, em meio a vegetação fechada, cortadas por rios e corredeiras. O clima  é típico de montanha e bastante agradável. O parque possui rica fauna e flora, com centenas de espécies vegetais, como bromélias, samambaias, orquídeas e árvores de grande porte, como ipê, cedro, jequitibá e pau pereira.

O cenário também é apropriado para a prática de esportes radicais, como escalada, rapel e tirolesa.