Patrimonial

Canal Campos-Macaé

Sua construção originou-se do Relatório de Niemeyer Bellegard em 1832. Mais tarde o Visconde de Araruama, José Carneiro da Silva, organizou uma empresa para empreender a obra.

Veja mais

Coreto na Praça Barão do Rio Branco

Todo o conjuntamente arquitetônico formado pelo Solar do Barão da Lagoa Dourada, o Fórum Nilo Peçanha e a Praça Barão do Rio Branco, foi tombado pelo INEPAC (Instituto Estadual do Patrimônio Artístico e Cultural), em 1988.

Veja mais

Teatro de Bolso Procópio Ferreira

Inaugurado em abril de 1968, o Teatro de Bolso Procópio Ferreira se caracteriza por ser um espaço no qual a pequena plateia, com capacidade para 162 pessoas, pode ficar próxima ao palco.

Veja mais

Ponte da Rede Ferroviária sobre o Rio Paraíba do Sul

A ponte começou a ser montada em julho de 1907 e ficou concluída quase um ano depois. Começou a ser trafegada em março de 1908. Nunca passou por reformas e até hoje continua servindo a ferrovia e a cidade (é por ela que passa a tubulação de água de Guarus).

Veja mais

Ponte Dr. Barcelos Martins

Durante muitos anos a comunicação entre as margens do Rio Paraíba, ou seja, entre a cidade e Guarus, era feita pela barca-pêndula, puxada por cordas, ou canoas. A primeira ponte sobre o rio, em Campos, foi inaugurada em 1873, custeada pelo Governo Provincial, servindo tanto ao trânsito de carro como de pedestres. Denominava-se, então, Ponte Municipal, passando a chamar-se Barcelos Martins, desde 1964, quando da morte do Prefeito João Barcelos Martins.

Veja mais

Muralhas Contra as Cheias do Rio Paraíba do Sul

Na margem direita do Rio Paraíba, havia, em 1833, uma muralha de pouca espessura e que foi destruída por uma enchente. Nova muralha foi construída e concluída em 1843. Para isso, foram desapropriados 31 prédios junto ao rio. A medida desobstruiu ainda a vista do centro da cidade e alargou a rua. A muralha hoje existente foi construída pelo D.N.O S, iniciada na década de 40, com maior extensão e solidez.

Veja mais

Mercado Municipal

O Mercado Municipal trocou de local três vezes, Primeiro funcionou nas proximidades do Porto das Barcas do Rio Paraíba do Sul, Depois foi para a Rua Oliveira Botelho, Praça do Roccio, na Rua Formosa, em frente da Estação de Ferro Campos-São Sebastião que até hoje os mais antigos moradores chamam de rua do Mercado.

Veja mais

Livraria Ao Livro Verde

Fundada em 13 de junho de 1844 pelo português José Vaz Corrêa Coimbra, a livraria Ao Livro Verde consta no Guinness Book como a mais antiga do país. Considerada uma testemunha da história de Campos, o estabelecimento deu sua própria contribuição à trajetória do município. Foi através dele, por exemplo, que foi instalada uma das primeiras tipografias da cidade.

Veja mais

Teatro Municipal Trianon

A obra de construção do Novo Trianon foi iniciada em novembro de 1991, com base em projeto de José Luís Puglia, sendo concluída em julho de 1998. Consta de um complexo cultural com vários espaços. Somente o teatro tem 900 lugares.

Veja mais

Estação Rodoviária Roberto Silveira

Foi construída durante o governo de José Alves de Azevedo, inaugurada em 1962.
No projeto original do engenheiro Ruy Fernandes Seixas, estava previsto que sua parte superior obrigasse toda uma infraestrutura de atendimento aos usuários, como restaurantes, lanchonetes, amplos sanitários, salões de cabeleireiro, etc.

Veja mais

Estação Experimental da Pesagro

Estação Experimental fundada em 1913 tem como objetivo principal o apoio a diversificação agropecuária nas regiões produtoras do Estado promovendo a diversificação da agropecuária.

Veja mais

Elevatórias de Água e Esgoto

Em 1903 a Câmara Municipal de Campos, presidida pelo médico Dr. Benedito Gonçalves Pereira Nunes, (nossa primeira Prefeitura data de 1904) encarregou o engenheiro Saturnino de Brito de levantar a planta da cidade e preparar um projeto de melhoramentos essenciais de saneamento do município insalubre.

Veja mais